Twitter decide acabar com a publicidade política na plataforma.

Twitter decide acabar com a publicidade política na plataforma.

Na última quarta-feira, 30 de outubro, o CEO do Twitter, Jack Dorsey, anunciou que as publicidades políticas estariam banidas da plataforma.

Através de uma thread ele explicou o quão prejudicial a publicidade política pode ser para o direito civil das pessoas, principalmente quando se trata da fake news.

Para ele, pagar pela veiculação de um conteúdo político é uma forma compulsória de expor perceptivas que muitas vezes não condizem com os ideias de quem foi atingido.

É preocupante porque geralmente existem discursos com muita calúnia que desrespeita as pessoas.

Além disso, ele defende que o conteúdo político deve ser conquistado, de forma orgânica, com retweets e seguidores, e não comprado.

Essa decisão entra em vigor a partir do dia 22/11,  antes disso as pessoas vinculadas às publicidades serão notificadas.

Tags:
Sem Comentários

Postar Comentário

× Podemos ajudar?