Se um nódulo surgisse nos seios mais tocados do mundo, alguém notaria?

Se um nódulo surgisse nos seios mais tocados do mundo, alguém notaria?

Uma das estátuas mais famosas da Irlanda participa da campanha de conscientização sobre o câncer de mama.

No mês de outubro é comemorado o movimento contra o câncer de mama e a sua aparição precoce, chama-se Outubro rosa. Em função disso, várias marcas ousaram e abusaram de propagandas que fizessem lembrar da prevenção do câncer de mama. Mas uma, em especial, está se destacando pela sua irreverência.

A Fundação Marie Keating, na Irlanda, resolveu usar a estátua de Molly Malone, que é a personagem de uma famosa canção irlandesa, para colocar um “nódulo” no seu seio esquerdo, pintado de bronze. A história é que tocar em seus seios traz sorte, o que faz de Molly uma atração turística local.

O nome da campanha é “Take Notice” (“Preste atenção”) que vem acompanhada da pergunta: “E se um nódulo surgisse nos seios mais tocados do mundo, alguém notaria?”. Ninguém sentiu o nódulo.

A ação serviu para despertar as pessoas sobre o quão importante é o diagnóstico precoce do câncer de mama, para que assim, possa combater com rapidez.

Sem Comentários

Postar Comentário