Os incríveis retratos de Sabine Lepsius

Os incríveis retratos de Sabine Lepsius

Nascida em 15 de janeiro de 1864, Sabine Lepsius foi uma grande pintora alemã. Filha do artista Gustav Graef, que sonhava com uma menina após já ter dois filhos homens, mal sabia ele que sua menininha seria muito promissora na pintura. 

Desde pequena, Sabine se interessava por arte. Ela aprendeu a tocar violino e teve algumas aulas de canto, porém elas não eram muito boas, então não deu continuidade. Ainda assim era uma ótima compositora, seus irmãos que também cantavam eram constantemente patrocinados, e ela sempre ficava observando.

Continuou persistindo no violino, e com 15 anos, enquanto estudava música, não foi admitida em composição pelo fato de ser mulher. Esse fato a deixou extremamente chateada e mudou a vida dela.

Decidiu estudar pintura com o pai em Roma. Ela era bastante criativa e aos 21 anos mostrou seu dom quando fez um incrível auto-retrato. A partir disso, começou a se aperfeiçoar em retratos. Casou-se em Paris e durante a Primeira Guerra Mundial fez muito dinheiro com as suas obras.

Além disso, foi uma das fundadoras da Secessão de Berlim, um grupo de artistas em antítese à arte industrial da época. 

A maioria de seus retratos eram de famílias judias e por isso seu acervo é bastante limitado. 

Confira algumas de suas obras:

Sem Comentários

Postar Comentário

× Podemos ajudar?