fbpx
 

Néle Azevedo, a escultura como instrumento poético

Néle Azevedo, a escultura como instrumento poético

Néle Azevedo é uma artista plástica e pesquisadora independente nascida em Santos Dumont, Minas Gerais, no ano de 1950. Após ter se mudado para São Paulo, tornou-se bacharel em Artes Plásticas pela Faculdade Santa Marcelina, em 1997 e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UNESP, em 2003. Apesar de ainda residir no Brasil, suas obras, compostas por esculturas feitas de diferentes materiais, foram realizadas em todo o mundo. Com origem na história das cidades que as acolhem, suas criações artísticas trazem questionamentos sobre a dimensão político-poética da arte, levando a convivência e a troca. Justamente por isso, a artista e pesquisadora é conhecida por trabalhar a escultura como instrumento poético. Ela também cria vídeos, imagens e desenhos a partir de suas esculturas.

Néle já recebeu prêmios em diversos Salões de Arte, e, atualmente, tem criações expostas na Galeria Sycomore Arte, em Paris; no Centro de Arte Contemporâneo Wilfredo, em Havana; e no Museu de Arte Nipo-Brasileira, em São Paulo. A próxima exposição da artista será em Roma, durante a virada de ano. Néle participará do Festival de Roma, festa de Ano Novo que terá duração de 24 horas e contará com a presença de mais de mil artistas localizados entre a Piazza dell’Emporio, Giardino degli Aranci, Circo Massimo, Lungotevere Aventino, Lungotevere dei Pierleoni, Ilha Tiber e Via Petroselli.

Veja abaixo algumas obras de Néle Azevedo:

Sem Comentários

Postar Comentário