fbpx
 

Mauricio Lima e o fotojornalismo humanizado

Mauricio Lima e o fotojornalismo humanizado

Mauricio Lima é um fotógrafo documental brasileiro nascido no ano de 1975, na cidade de São Paulo. Formou-se em Comunicação Social pela PUC-SP, com foco em História da Arte e Fotografia, enquanto também estudava fotojornalismo no Senac.

Em 1999, Mauricio iniciou sua carreira como fotógrafo, sendo contratado como estagiário pelo jornal Lance!. Um ano depois, foi convidado a trabalhar na Agence France-Presse, famosa agência de notícias francesa, onde trabalhou por quase 11 anos. No início de 2011, resolveu continuar sua carreira de modo independente, deixando a Agence France-Presse. 

Mauricio seguiu sua carreira documentando, em diversos países, questões sociais e conflitos, além de registrar o cotidiano das pessoas que são afetadas diretamente por essas situações. Ele já realizou trabalhos no Afeganistão, Brasil, Iraque, Israel, Líbia, Portugal e Territórios Palestinos. Em seguida, passou a realizar diversos trabalhos para o famoso The New York Times, sem deixar de desenvolver seus projetos pessoais.

O fotojornalista carrega uma série de reconhecimentos, dentre eles, o renomado prêmio Pulitzer, sendo o primeiro brasileiro a receber o mérito. Maurício foi também o primeiro brasileiro a receber o prêmio mais importante de fotografia na América Latina, concedido pela Fundación Nuevo Periodismo Iberoamericano Gabriel Garcia Márquez.

Suas fotos podem ser encontradas nos principais veículos editoriais do mundo, além de entidades, como a ONU, UNICEF e UNIDIR.

Confira abaixo algumas de suas (incríveis e cheias de sensibilidade) fotografias:

Sem Comentários

Postar Comentário