Blu, o misterioso grafiteiro italiano

Blu, o misterioso grafiteiro italiano

Blu. Um mistério. Uma incógnita. Ninguém sabe quem é esse artista de rua, apenas que é italiano, e suspeitam que sua cidade natal é Bologna, pois lá começou seus primeiros trabalhos.

Dono de uma mente crítica, retratava nas paredes críticas sociopolíticas, econômicas e ambientais.

Inicialmente utilizava apenas sprays de grafite, mas depois se aprimorou para as tintas de parede, que dão um acabamento único.

Suas obras começaram no final dos anos 90 na Itália, e aos poucos ele foi deixando sua marca em outros lugares da Europa. Uma de suas parcerias é com o artista Ericailcane, também italiano e misterioso.

Blu pinta imagens satíricas, e grande parte retrata a alienação humana, seja pelo governo ou por objetos. Ele usa o sarcasmo para justificar “sacrifícios” urbanos causados pela ignorância.

Suas pinturas algumas vezes também são surrealistas, pois dão vida a objetos inanimados, ou simulam ocasiões impossíveis para a realidade.

Seu senso crítico levou que uma de suas obras fosse apagado pelo MOCA, em Los Angeles, quando ele pintou caixões cobertos com notas de 1 dólar, em vez de bandeiras americanas, questionando a questão dos veteranos de guerra.

Confira agora seus grafites:

Sem Comentários

Postar Comentário

× Podemos ajudar?